Porque é que em Portugal os equipamentos culturais estão vazios?

O seguinte documento foi produzido pelos participantes no âmbito duma Jornada do Laboratório de Museologia Social da Academia do Museu Educação e Diversidade, inspirada nas metodologias do teatro do espontâneo de Karl Valentim. No exercício os participantes forma convidados a refletir num texto do autor e a promover uma ação reflexiva sobre o tema dasContinuar lendo “Porque é que em Portugal os equipamentos culturais estão vazios?”

O Jogo e os Museus

Vai para alguns anos, quando tinha tempo e disponibilidade para observar o que os museus em Lisboa estavam a produzir de relevante, visitei uma exposição organizada pelo Museu do Desporto, comissariada pelo seu Diretor Pedro Cardoso Pereira, onde nos propunha uma exposição a partir da abordagem do “JOGO no Desporto” Tratava-se então duma narrativa experimental,Continuar lendo “O Jogo e os Museus”

Estilos de Aprendizagem segundo KOLB – Descrições

Conhecer o seu próprio estilo de aprendizagem de outra pessoa permite orientar as aprendizagens de acordo com o método preferido. Face a um qualquer estímulo, todos respondemos a diversos estilos e formas de de aprendizagem. De uma forma ou outra a escolha de um estilo depende da forma que melhor se adapte a uma dadaContinuar lendo “Estilos de Aprendizagem segundo KOLB – Descrições”

Estilos de Aprendizagem segundo Kolb

A teoria de aprendizagem de Kolb (1974) estabelece quatro estilos de aprendizagem distintos, que são baseados em um ciclo de aprendizagem de quatro estágios acima descritos. Kolb explica que pessoas diferentes naturalmente preferem estilos de aprendizagem diferentes. Vários fatores influenciam o estilo preferido de cada pessoa. Por exemplo, ambiente social, experiências educacionais ou a estruturaContinuar lendo “Estilos de Aprendizagem segundo Kolb”

Estilos de Aprendizagem em Kolb

Os ciclo de aprendizagem experimentais David Kolb publicou seu modelo de estilos de aprendizagem em 1984, a partir do qual desenvolveu seu inventário de estilos de aprendizagem. A teoria da aprendizagem experiencial de Kolb funciona em dois níveis: um ciclo de aprendizagem de quatro estágios e quatro estilos de aprendizagem separados. Grande parte da teoriaContinuar lendo “Estilos de Aprendizagem em Kolb”