Implicações Educacionais dos Estilos de Aprendizagem, segundo KOLB

Implicações Educacionais Os estágios e o ciclo de aprendizagem de Kolb (1984) podem ser usados pelos professores para avaliar criticamente a oferta de aprendizagem normalmente disponível para os alunos e para desenvolver oportunidades de aprendizagem mais apropriadas. Os educadores devem garantir que as atividades sejam planeadas e realizadas de forma a oferecer a cada alunoContinuar lendo “Implicações Educacionais dos Estilos de Aprendizagem, segundo KOLB”

Estilos de Aprendizagem segundo KOLB – Descrições

Conhecer o seu próprio estilo de aprendizagem de outra pessoa permite orientar as aprendizagens de acordo com o método preferido. Face a um qualquer estímulo, todos respondemos a diversos estilos e formas de de aprendizagem. De uma forma ou outra a escolha de um estilo depende da forma que melhor se adapte a uma dadaContinuar lendo “Estilos de Aprendizagem segundo KOLB – Descrições”

Estilos de Aprendizagem segundo Kolb

A teoria de aprendizagem de Kolb (1974) estabelece quatro estilos de aprendizagem distintos, que são baseados em um ciclo de aprendizagem de quatro estágios acima descritos. Kolb explica que pessoas diferentes naturalmente preferem estilos de aprendizagem diferentes. Vários fatores influenciam o estilo preferido de cada pessoa. Por exemplo, ambiente social, experiências educacionais ou a estruturaContinuar lendo “Estilos de Aprendizagem segundo Kolb”

Recommendation concerning the Status of Higher-Education Teaching Personnel

Recommendation concerning the Status of Higher-Education Teaching Personnel 11 November 1997 Preamble The General Conference of the United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization (UNESCO), meeting in Paris from 21 October to 12 November 1997, at its 29th session, Conscious of the responsibility of states for the provision of education for all in fulfilment of ArticleContinuar lendo “Recommendation concerning the Status of Higher-Education Teaching Personnel”

William Kilpatrick (1871 – 1965) O método do Projeto

 Kilpatrick, pedagogo americano, é considerado o mentor da metodologia de projeto, através da proposta de desenvolvimento de trabalhos integrados com Projetos. Discípulo de Dewey em Colúmbia, prossegue e desenvolve o seu trabalho no campo da educação democrática, marcando a segunda metade do século XX através da proposta de trabalho integrado com Projetos; A sua FilosofiaContinuar lendo “William Kilpatrick (1871 – 1965) O método do Projeto”

O Método de Projeto na Educação

O método do projeto ou engenharia de projeto é um processo de formação desenvolvido nas escolas politécnicas de engenharia e arquitetura na Europa (Alemanha e França), a partir do Seculos XVIII. No final das licenciaturas, normalmente no último ano, os estudantes tinham que desenvolver um projeto, usando as capacidades e ferramentas aprendidas, aplicando-as a problemasContinuar lendo “O Método de Projeto na Educação”

A Escola Nova

A Escola Nova é o nome de um movimento de renovação e mudança na pedagogia que se desenvolveu na Europa e América nos finais do século XIX e primeira metade do século XX. A Escola Nova abriu caminhos para a Metodologia de Projeto e para o Movimento da Escola Moderna que se desenvolverá na segundaContinuar lendo “A Escola Nova”

Museu Educação Global e Diversidade Cultural – Galeria Educação I

Em vários trabalhos anteriores (Leite, 2018)[1] e (Leite2019)[2]  desenvolvemos vários questões obre educação popular patrimonial, sobre Educação Global e sobre metodologia de projeto. Neste trabalho desenvolvemos uma ligação mais estreita entre as metodologia de projeto e a diversidade cultural, procurando aprofundar o legado teórico das pedagogias decoloniai. Fazemo-lo na forma de postais que se integramContinuar lendo “Museu Educação Global e Diversidade Cultural – Galeria Educação I”